Notícias


Outubro Rosa

03/10/2019 pacientes em quimioterapia devem incluir a audiometria nos exames de rotina


Com o aumento da expectativa de vida e os grandes avanços da medicina, nos deparamos com muitos pacientes em tratamento com quimioterapia. Pacientes que estão passando por este tratamento podem desenvolver problemas de audição, pois algumas substâncias presentes na medicação são tóxicas para o ouvido interno.
Por isso é importante realizar um exame de audiometria antes, durante e após o tratamento, assim podemos minimizar o impacto desta perda na vida do paciente, podemos identificar se se trata de uma perda que já existia e se agravou ou, ainda, se é permanente ou apenas temporária. Quando o tratamento é longo e agressivo aumentam as chances de o paciente apresentar uma perda auditiva permanente.
Considerando que os tratamentos para o câncer são cada vez mais bem sucedidos e as pessoas vivem saudáveis por longos anos após o tratamento,  o tratamento para a perda auditiva lhes dará maior qualidade vida após o término do tratamento.
Realizando exames de audiometria durante o processo, podemos monitorar seus efeitos sobre a audição e assim, recomendar uma intervenção precoce se necessário. O mesmo quando o tratamento é finalizado.
Por isso, lembre-se: é importante realizar um exame de audiometria antes, durante e após o tratamento com quimio e radioterapia.