Notícias


Como Escolher o Melhor Aparelho Auditivo?

09/08/2020 causas, tipos e graus de perda auditiva

Podem ser diversas as causas que levam à perda auditiva, bem como existem diferentes tipos e graus de perda.

Entre as causas, podemos destacar as perdas congênitas, as causadas por doenças específicas, uso de alguns medicamentos, traumas, exposição ao ruído e a surdez natural da idade. Algumas delas podem ser passageiras e reversíveis e outras, irreversíveis e progressivas.

Tudo vai depender do tipo da perda, que diz muito sobre a causa. Pode ser do tipo condutiva, quando o comprometimento está no ouvido médio, devido a uma otite, por exemplo.

Também pode ser do tipo neurossensorial, quando o comprometimento atinge as células do ouvido interno, como no caso de perda auditiva por exposição ao ruído.

E pode, ainda, ser do tipo mista, que acomete ouvido médio e ouvido interno, apresentando características dos dois casos.

Já o grau da perda auditiva pode ser leve, moderado, severo ou profundo.

O exame de audiometria, realizado pelo profissional fonoaudiólogo, é o mais indicado para a detecção da perda, tipo e grau.

O tipo e grau de perda definirão a indicação de uso de aparelho auditivo. Para definir o modelo mais adequado, fonoaudiólogo e paciente levarão em conta, além do resultado do exame, a rotina do paciente, suas maiores dificuldades e expectativas, bem como o orçamento disponível para investir no tratamento.

Por isso, na hora de definir marca ou local onde vai adquirir seus Aparelhos Auditivos, nossa dica é que você avalie principalmente o fonoaudiólogo que vai lhe acompanhar na adaptação.

Tecnologia e qualidade todas as marcas de Aparelhos Auditivos tem. O que realmente vai fazer a diferença na sua adaptação é o relacionamento que você vai estabelecer com seu fonoaudiólogo.