Notícias


Ouço Mas Não Entendo

17/09/2019 audição seletiva existe?


Em texto publicado em 20/20/20, nós vimos que a pessoa com perda auditiva não ouve o que quer e, sim, o que consegue.


O que acontece é que, quando começamos a perder a audição, deixamos de ouvir alguns sons - não todos - geralmente os agudos; a pessoa acaba ouvindo a palavra pela metade, faltando sons importantes para a compreensão e comprometendo o processamento auditivo.


Daí a importância da escolha do aparelho auditivo correto e configurado para a sua perda auditiva.  Quando começamos a usar aparelhos auditivos, voltamos a ouvir os sons que não ouvíamos, nosso cérebro passa a ser estimulado a processar os sons novamente. Por isso é tão importante que a pessoa com perda auditiva procure uma empresa séria, com fonoaudiólogos especialistas em audição e faça uma avaliação completa.


Sabendo quais sons a pessoa não ouve mais, a fonoaudióloga vai indicar e regular minuciosamente os aparelhos auditivos e vai acompanhar de perto o progresso do tratamento. Pois a colocação dos aparelhos auditivos é apenas o primeiro passo para voltar a ouvir.


Para acabar com a audição seletiva é necessário aliar um bom aparelho auditivo a um fonoaudiólogo especialista em reabilitação auditiva.